sábado, 10 de março de 2012

APLICAÇÃO TERAPEUTICA DAS CORES

As cores como vibração energética, propagando-se em determinada frequência, produzem mudanças químicas de forma sutil no ser humano, interferindo em seu metabolismo quer em nível físico ou emocional. Às vezes, nem fazemos idéia do quanto as cores podem nos influenciar em nosso dia-a-dia. 
Alguns exemplos das aplicações terapêuticas das cores são:
Vermelho: - De todas as cores é a mais poderosa, devendo ser usada com prudência. É vitalizante, estimulante e excitante, além de aumentar a pressão sanguínea. Pode estar associada ao perigo, advertência e guerra, mas também a vida, sol, chama e energia. Associa-se ao chakra sacral. Intensifica as funções do corpo estimulando o sistema nervoso e fortalecendo a atividade do fígado.
Laranja: - É a cor da alegria, podendo ser usada para dar mais vida a uma atitude. É antidepressiva, promove a boa digestão, beneficia a maior parte do sistema metabólico, rejuvenesce e vitaliza, podendo também elevar a pressão sanguínea. Associa-se às glândulas supra-renais.
Amarelo: - De forma isolada pode proporcionar perda de estabilidade, proteção, meta ou foco. Assim, pode encorajar o nervosismo e a incerteza. Seu uso é sugerido associado a outras cores. Desperta novas esperanças no caso de resignação de doentes que desistiram da cura; alguns terapeutas afirmam que o amarelo fortalece os olhos e os ouvidos além de ajudar na cura da artrite.
Verde: - Cor que deve ser usada com muito cuidado. Pode ser utilizada para desequilibrar as vibrações causadas pelo raio de uma doença. Associada ao chakra cardíaco, pode ser útil em problemas do coração, úlceras, dores de cabeça, casos de câncer e outros. Também pode estar associada afetivamente à paz, natureza, saúde, abundância, tranquilidade, equilíbrio, esperança e juventude. Harmoniza as flutuações do estado de espírito e provoca melhor equilíbrio nos casos de insatisfação e impaciência.
Turquesa: -Reanimadora e refrescante, calmante e suavizante. Tranquiliza o sistema nervoso e as inflamações, além de auxiliar na cura do eczema (glândula tireóide). Pode servir também como fortificante da pele.
Azul: De todas é a mais curativa. Extremamente relaxante, traz paz, auxilia na remoção de dores de cabeça e enxaquecas e é útil em casos de asma. Materilamente está associada a frio, céu, gelo. Afetivamente, à verdade, intelectualidade, viagens, serenidade, infinito, meditaçãoAjuda a baixar a pressão arterial.; assim como acalma e traz clareza mental.
Violeta: - Traz equilíbrio da consciência: dignidade e divindade, mas também estabilidade. Relaciona-se à mentalidade humana e pode remeter a uma integração como o espaço, com a concentração voltada para um fim específico (oração ou meditação). Eleva a auto-avaliação e a auto-estima de quem perdeu o senso da beleza humana, além de devolver o rítmo do sistema (glândula pineal).Purifica o organismo atuando de modo calmante sobre os músculos do coração e sobre os outros músculos do corpo. Também acalma a superexcitação nervosa. 
Magenta: -Leva à consciência espiritual, auxilia como equilibradora emocional e é estimulante supra-renal. É um agente que fortifica a aura ou as radioemanações do corpo químico. Seu uso é recomendável para propósitos especiais de transmutação dos reinos mais densos para o campo espiritual. Espécie de cor da realização.
Marron: - Cor da integração e do oferecimento, até do sacrifício. Materialmente, associa-se à outono, doenças e terra. Afetivamente, a melancolia, orações, etc.
Preto: - Atrai todas as vibrações para si, absorvendo-as. Funciona como um isolante. Trata-se da cor da auto-negação.
Branco: - Representa pureza em sua forma extrema. Diferentemente do preto, tudo é excluído da cor branca. Tanto a cor branca como a preta encerram em si a total potencialidade. O branco representa a pureza de todos os seres. Por outro lado, encerra o isolamento, já que tudo se exclui dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário